SERVIDORES DE ARAGUARI APRESENTAM REIVINDICAÇÕES E PODEM PARALISAR ATIVIDADES

Os servidores de Araguari, através do Sindicato dos Trabalhadores e Empregados em Serviços Públicos Municipais (SINTESPA), decidiram, em Assembleia realizada na última quinta-feira (7 de junho), cobrar efetivamente os direitos da categoria e aprovaram uma lista de reivindicações. Entre as demandas estão: 1) pagamento de produtividade e insalubridade a quem faz jus; 2) reajuste do vale-alimentação, de R$ 100 para R$ 200; 3) Revisão do Plano de Cargos e Salários; 4) Plano de saúde para todos os servidores; 5) elaboração de um Projeto de Lei para regulamentar o pagamento do incentivo aos agentes comunitários de saúde (ACSs); 6) pagamento de insalubridade aos ACSs e aos agentes de combate às endemias (ACEs); 7) pagamento do piso salarial aos farmacêuticos; 8) pagamento do piso nacional da Educação, e 9) fornecimento, por parte da Prefeitura, de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) aos trabalhadores. “O documento produzido com as reivindicações dos trabalhadores será encaminhado ao Executivo, em busca de um acordo. Se não tivermos respostas em 48 horas não está descartada uma paralisação. Os servidores serão novamente convocados para serem ouvidos sobre essa possibilidade”, informou a presidente do SINTESPA, Ana Maria Braga.

Fonte: FESERP/MG

Compartilhe

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *