REUNIÃO DAS CENTRAIS SINDICAIS DEFINE AGENDA DE MANIFESTAÇÕES CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Reunião das centrais sindicais define agenda de manifestações contra a reforma da Previdência

Dirigente sindicais irão à Câmara no dia 21 de fevereiro para pedir apoio contra a PEC 287

Representantes das seis centrais sindicais se reuniram em São Paulo, nesta segunda-feira (13), para discutir os detalhes das mobilizações que vão ocorrer em todo o País nos próximos dias em defesa dos direitos trabalhistas, previdenciários e pela retomada do crescimento econômico.

A CSB foi representada pelo secretário-geral Alvaro Egea, que defendeu a necessidade de organizar e mobilizar os trabalhadores contra qualquer retrocesso trabalhista. “Nós temos que ter consciência que muitos desses projetos que envolvem as reformas trabalhista e previdenciária podem ser aprovados tanto na Câmara como no Senado, por isso temos que lutar para aprimorar esses projetos de lei para que eles protejam os trabalhadores. Iremos negociar junto aos parlamentares para que não ocorram retrocessos”, afirmou.

Durante a reunião, ficou definido que as centrais irão enviar representantes no dia 21 de fevereiro para a Câmara para pedir o apoio dos deputados contra o Projeto de Lei Complementar 287, que dispõe sobre a reforma da Previdência Social. Além disso, no dia 20 do mesmo mês, em Salvador e Natal, as centrais irão fazer pressão nos dois deputados relatores do projeto; Arthur Maia (PPS-BA) e Rogério Marinho (PSDB-RN).

Os dirigentes também definiram que vão passar orientações às suas regionais para também realizarem a preparação do dia nacional de mobilizações e paralisações junto às demais centrais, que acontecerá no dia 15 março.

Calendário de atividades e mobilizações:

Dia 15/02, 10 h, São Paulo  –  reunião entre os departamentos de comunicação das centrais preparar os materiais das mobilizações.

Dia 20/02, Salvador e Natal  –  centrais fazem pressão junto aos relatores da PEC 287: Arthur Maia e Rogério Marinho.

Dia 15/03 –  Dia Nacional de Paralisações.

Fonte: CSB

Compartilhe:
  • Print
  • email
  • PDF
  • RSS
  • Add to favorites
  • Facebook
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • MSN Reporter
  • Live
  • Yahoo! Buzz

Post to Twitter

Esta entrada foi publicada em Política, Sindical. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *