CSB DEBATE PONTOS SENSÍVEIS DAS REFORMAS DA PREVIDÊNCIA E TRABALHISTA NO SENADO

CSB debate pontos sensíveis das reformas da Previdência e Trabalhista no Senado

Discussão ocorreu durante audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa

O vice-presidente da CSB Flávio Werneck discutiu pontos de atenção das reformas da Previdência (PEC 287) e Trabalhista (PL 6787/2016), nesta segunda-feira (20), durante audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal, em Brasília. A sessão foi requerida pelo vice-presidente da comissão, senador Paulo Paim.

De acordo com Werneck, todos os presentes concordaram que há outras possibilidades de arrecadação que precisam ser levadas em conta antes da aprovação da Reforma da Previdência, como desonerações e revisão do desvio da Desvinculação de Receitas da União (DRU).

Na avaliação do vice-presidente, se aprovada, a nova regra da aposentadoria trará dificuldades de aposentação para todos os brasileiros “A aposentadoria não pode ser inviabilizada”, disse.

Reforma Trabalhista

Segundo o dirigente, na sessão houve grande divergência de opiniões no tema Reforma Trabalhista. Ele afirmou que a CSB está disposta a dialogar, mas segue com ressalvas.

O representante da central destacou a situação de quem está em regime “home office” (trabalho em casa). “A matéria autoriza o home office sem regramento rígido”. Ele acredita que sem acompanhamento, o trabalhador poderá exceder de forma exorbitante a jornada de trabalho.

“Há pontos da reforma que precarizam os direitos dos trabalhadores, diminuem a qualidade de vida do trabalhador”, pontuou.

Werneck afirmou que a mão de obra brasileira não é cara e que o País poderia ser mais competitivo se investisse em malha rodoferroviária, portos e aeroportos, o que iria diminuir a dificuldade de importação e exportação.

Fonte: CSB

Compartilhe:
  • Print
  • email
  • PDF
  • RSS
  • Add to favorites
  • Facebook
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • MSN Reporter
  • Live
  • Yahoo! Buzz

Post to Twitter

Esta entrada foi publicada em Sindical. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *