ANTONIO NETO ANUNCIA DESFILIAÇÃO DO PMDB E RENUNCIA A CARGO DE PRESIDENTE DO NÚCLEO NACIONAL DO PMDB-SINDICAL

Tumb Antonio Neto

Após mais de 30 anos de militância peemedebista e integrante de lutas históricas para o processo democrático do País, o paulista Antonio Neto comunica, nesta terça-feira ( 4 de julho de 2017), sua desfiliação do PMDB.  Neto fundamenta sua decisão, principalmente, por se declarar contrário às reformas em curso no Congresso (previdenciária e em especial a trabalhista), conduzidas pelo governo Michel Temer e apoiadas por grande parte dos parlamentares do PMDB.

Em carta protocolada ao Presidente do PMDB, Romero Jucá, Neto, também presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), afirma “que não há como “permanecer filiado ao Partido que, sob o comando de uma pequena cúpula, que afronta o programa partidário; ignora os anseios e a vontade do povo; promove a destruição da Constituição de 1988; enxovalha a democracia duramente conquistada; desrespeita e desmoraliza os Poderes da República; rasga os direitos trabalhistas e sociais; avilta os direitos previdenciários e enterra os sonhos da construção de uma Nação mais justa e igualitária.”

No documento, o presidente da CSB (central com mais de 800 sindicatos filiados) revisita importantes momentos de protagonismo do PMDB na política brasileira até a “crise institucional atual.”  Ressalta que, “por meio um processo parlamentar e da deposição da presidente eleita democraticamente, o PMDB chegou à Presidência da República.

Mas a proposta de uma conciliação e diálogo não durou muito. “Tão logo esquentaram a cadeira, uma pequena corte palaciana, por interesses e conchavos impublicáveis, até mesmo por sobrevivência indulgente, passou a atuar como tropa de choque de uma casta improdutiva e estúpida, que quer impor ao Brasil a ampliação da exploração do homem sobre o homem, implodindo a economia do País e o jogando no caos social, que envergonha todo e qualquer cidadão que tenha o mínimo de sensibilidade”, desabafa.

Neto repudia a ausência de compromisso do PMDB com uma agenda de direitos sociais dos trabalhadores, fruto da deterioração das posições do partido, sem levar em consideração o regimento interno da sigla e seu programa interno. “Para atender aos interesses de grandes grupos econômicos e do setor financeiro, impôs ao Parlamento e à sociedade brasileira uma reforma previdenciária e trabalhista que devasta por completo todo e qualquer direito dos trabalhadores.”

E chama atenção também para o descrédito que Congresso brasileiro obtém, ao abrir mão de legislar. “Digna de governos autoritários, diante da majoritária repulsa do povo brasileiro, o governo tenta aprovar tais medidas, expondo o parlamento brasileiro a um vexatório papel de subscritor de deletérias alterações legislativas, que causarão sofrimento, fome, desregulamentação do mercado de trabalho e até mesmo o óbito político de muitos que seguirão cegamente o caminho do abismo.”

E conclui: sigo minha trajetória de luta. Sigo firme os meus princípios. Como dizia Ulysses: “A história nos desafia para grandes serviços, nos consagrará se os fizermos, nos repudiará se desertarmos.”

Clique aqui para ler a íntegra da carta de desfiliação do PMDB.

Assista ao vídeo em que Antonio Neto anuncia a sua desfiliação do Partido:

 

Compartilhe:
  • Print
  • email
  • PDF
  • RSS
  • Add to favorites
  • Facebook
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • MSN Reporter
  • Live
  • Yahoo! Buzz

Post to Twitter

Esta entrada foi publicada em Política, Sindical. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a ANTONIO NETO ANUNCIA DESFILIAÇÃO DO PMDB E RENUNCIA A CARGO DE PRESIDENTE DO NÚCLEO NACIONAL DO PMDB-SINDICAL

  1. Aylton Mattos disse:

    O BRASIL ESTA DE PE!
    POR UM BRASIL SOBERANO, DEMOCRÁTICO, POPULAR, UNIDO E FORTE.

    A Frente Popular Getulista de Libertação Nacional conclama a todos, trabalhadores do campo e da cidade, servidores públicos civis e militares, empresários nacionais do campo e da cidade, homens e mulheres, juventude brasileira, é hora de darmos basta a essa situação que querem submeter nossa pátria, à custa do sacrifício de milhões de brasileiros que morrem nos hospitais sem atendimento, sem saneamento, que recebem educação precária em todos os níveis, dos salários arrochados, do desemprego, da condição semiescrava em que milhares de trabalhadores estão submetidos.
    Hoje há verdadeira quadrilha no poder, se estende feito câncer pelos três poderes. Eles são anões morais, hienas políticas, abutres disputando avidamente as sobras do banquete do grande capital internacional, seus verdadeiros patrões.

    Nós da Frente Popular Getulista de Libertação Nacional temos a mais absoluta e inabalável certeza de que o legado Getulista é um caminho para a reconstrução de nosso país. Alicerçados em nosso ideal programático, que em seu primeiro ponto está centrado na anulação de todos os atos do atual desgoverno e todos aqueles anteriores que feriram diretamente a nossa constituição, nossa soberania, os direitos previdenciários, trabalhistas e sociais.
    Não poderemos avançar em nossos propósitos sem a retomada urgente de nossas estatais estratégicas. Para o efetivo desenvolvimento do país defendemos uma profunda reforma agrária e urbana, a suspensão imediata das dívidas interna e externa, a estatização do sistema financeiro, a reestruturação do parque industrial brasileiro, através de financiamento direto estatal, o fortalecimento das empresas privadas nacionais industriais e comerciais, o apoio às pequenas e médias propriedades rurais, assim como às grandes propriedades rurais produtivas. Também, o controle das riquezas nacionais, pelo Estado, como o nióbio, o urânio e o pré-sal, a reestruturação das forças armadas em defesa de todo o território nacional, principalmente, da Amazônia e do nosso mar, onde esta o pré-sal descoberto pela Petrobrás.
    O Brasil está de pé!

    Contatos: frentepopulargetulista@gmail.com
    Whastsapp :2198753-1083

  2. Aylton Mattos disse:

    FRENTE POPULAR GETULISTA DE LIBERTAÇÃO NACIONAL
    O BRASIL ESTA DE PÉ!
    POR UM BRASIL SOBERANO, DEMOCRÁTICO, POPULAR, UNIDO E FORTE.
    O Brasil de Getúlio Vargas não se rendera!
    Dia 19 de abril em 1883 nascia este grande brasileiro Getúlio Dorneles Vargas.
    Liderou umas maiores revoluções ocorrida no século passado em 1930.
    Devolveu o Brasil aos brasileiros.
    O Brasil a partir desta revolução passou a afirmar cada vez mais sua soberania e socialmente mais justo.
    Pode-se falar de todas as conquistas seja no campo social, trabalhistas, como: a criação da CTPS, férias, licença maternidade, salário mínimo, jornada de 08 horas, previdência social, fortalecimento dos sindicatos, justiça do trabalho, IAPIS, IAPETC, IAPAS, concursos públicos e etc.
    No econômico criação da PETROBRAS, VALE DO RIO DOCE, FNM, CSN, RESSEGUROS, ELETROBRÁS. A indústria privada nacional se fortaleceu.
    Construiu milhares de quilômetros de estadas de ferro, ligando o Brasil de norte a sul, milhares de casas foram construídas, fortaleceu a indústria naval, construiu centenas de açudes no nordeste fortaleceu as Forças Armadas.
    Inúmeras foram as conquistas da “revolução de 1930”, apesar da resistência daqueles que foram derrotados (1932) e da incompreensão e equívocos de bons brasileiros em 1935, da Segunda Guerra Mundial, da guerra inter-imperialista.
    Hoje o mundo cada vez se fecha, o capitalismo internacional cada vez mais esta em crise, com a concentração da riqueza nas mãos de poucos, espalhando a miséria por todo o planeta em um mundo com abundancia em riqueza. O capitalismo precisa ser superado para felicidade de toda a humanidade, como disse o Papa Francisco.
    A afirmação da nossa soberania, independência, será a única maneira de resolvermos o problema do Brasil e darmos nossa grande contribuição para a libertação da humanidade contra a opressão.
    Precisamos construir uma grande Frente Popular Getulista de Libertação Nacional, pois Getúlio Vargas é a nossa referencia de independência, soberania, justiça social.
    Quando o bandido canalha do chefe do PSDB, FHC, disse que iria a acabar com a “Era Vargas”, sinalizou qual é a intenção, o projeto deles, que é “vender” nossas riquezas para os interesses e colocar o Brasil de joelhos diante do imperialismo principalmente dos EUA.
    Mas o Brasil não se curvou e o derrotou por quatro vezes nas eleições para presidente da república.
    O grande líder revolucionário o brasileiro Getúlio Vargas nos deixou um legado. O nome de Getúlio Vargas é nossa referencia de luta.
    Que tremam os canalhas, vendidos, pois o povo brasileiro não se curva, não se submeterá, não deixaremos que roubem nossa pátria e nos coloquem na miséria.
    Jamais nos renderemos.
    FRENTE POPULAR GETULISTA DE LIBERTAÇÃO NACIONAL
    Abaixo nossas ideias e propostas de um Brasil novo, soberano, democrático, popular e com justiça social, para a maioria dos brasileiros.
    1. Suspensão do pagamento das dívidas externas e interna (com plebiscito popular)
    2. Reforma agrária ampla,
    3. Eleições diretas em todos os níveis.
    4. Anulações de todos os atos dos governos anteriores que afetem a soberania e a independência da econômica do Brasil, os direitos previdenciários e trabalhistas e sociais.
    5. Reestatização de portos, aeroportos, estradas, Vale do Rio Doce, Light, Embratel, Petrobras, CSN, Usiminas, metro, trens.
    6. Estatização do sistema financeiro.
    7. Controle e limitação em 10% das remessas de lucros de empresas estrangeiras.
    8. Reestruturação e rearmamento das forças armadas, com ênfase na ampliação da defesa de nossas fronteiras, do nosso mar, ar e ocupação efetiva da região amazônica.
    9. Investimentos na reestruturação da educação em todos os níveis, com ênfase no desenvolvimento tecnológico e na qualificação profissional.
    10. Demarcações definitivas das terras indígenas e quilombolas
    11. Reinversão de tecnologias e remessa de lucro de empresas estrangeiras
    12. Construção imediata de três milhões de upas, clinicas das famílias e 50 hospitais em cada estado e concurso para os profissionais da área de saúde.
    13. Aumento de 100% do salário mínimo extensivo as aposentadorias.
    14. Aposentadoria aos 25 anos de tempo de serviço.
    15. Salário mínimo para as mulheres “donas de casa” que não possuem renda.
    16. Redefinição da política agrária, proibição do uso de sementes transgênicas e seus defensivos.
    17. Reestruturação do parque industrial brasileiro, através de financiamento direto estatal.
    18. Construções de casas populares, atendendo a demanda habitacional, com a construção de 30 milhões de casas.
    19. Aplicações de políticas propositivas para a população negra e indígena
    20. Redefinição dos tribunais de justiça com eleição direta de seus membros, de todas as instancias. Controle social de suas ações com limitação de mandatos.
    21. Financiamento estatal de campanha. fim da urna eletrônica, voto devera ser impresso ou manual.
    22. Fim do foro privilegiado para todos os poderes e prisões especiais para todos os níveis.
    23. Democratização dos meios de comunicação, fim dos monopólios.
    24. Fortalecimento da cultura nacional e regional.
    25. Reforma tributária com taxação de impostos as grandes fortunas.
    26. Fortalecimento das empresas privadas nacionais na indústria e comercio.
    27. Apoio às pequenas e médias propriedades rurais, assim como as grandes propriedades rurais produtivas.
    28. Controle das riquezas nacionais, pelo estado, como nióbio, urânio, e o pré-sal.
    29. Concurso público em todas as esferas da união, estados e municípios, fim das contratações privadas.
    30. Criações dos Conselhos Populares Getulistas nos locais de trabalho, nas escolas, universidades, nos órgãos públicos, nos bairros, com o objetivo de maior controle popular dos serviços e dinheiro publico.
    Frente Popular Getulista de Libertação Nacional.
    frentepopulargetulista@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *