PELA APROVAÇÃO DO PLC 28/2017, TAXISTAS DE TODO BRASIL FAZEM CORPO A CORPO COM SENADORES

Pela aprovação do PLC 28/2017, taxistas de todo Brasil fazem corpo a corpo com senadores

Pelo menos 50 dirigentes ligados à CSB se reuniram com parlamentares em Brasília

Em busca de apoio na agilidade da votação e na aprovação integral do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 28/2017, que trata da regulamentação dos aplicativos de transporte individual de pessoas e que tramita no Senado Federal, taxistas de diversas partes do Brasil realizaram, nesta quarta-feira (12), visitas aos gabinetes de 20 senadores.

De acordo com o vice-presidente da Central dos Sindicatos Brasileiro (CSB), Francisco Albuquerque Moura, os parlamentares receberam muito bem o pedido de apoio e se comprometeram com a causa da categoria.

“Por conta do atual momento vivido pelo Brasil, o projeto tramitou pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e meio que parou. Mas conversamos com vários senadores, e todos, sem exceção, foram simpáticos, apoiam o PLC e se comprometeram em votar o projeto da maneira que foi aprovado na Câmara. Eles também prometeram que tentarão colocá-lo em votação no retorno do recesso de julho”, falou Moura, que garantiu que essa ação fortalece a união da categoria e mostra a preocupação dos taxistas com o tema.

“Essas ações nos fortalecem e mostram a nossa unidade, com o objetivo de regulamentar as plataformas digitais que são usadas para fazer o transporte individual de passageiros. Essas ações também mostram aos senadores que os taxistas estão preocupados não só em defender a profissão, mas também com o usuário que utiliza serviços sem segurança e sem qualificação”, completou Moura, que também é presidente da CSB Ceará.

Atualmente, no portal “Reclame aqui”, existem mais de 50 mil reclamações contra esses aplicativos, que são relativamente novos no mercado. Reclamações que vão de mau atendimento até roubo e estupro.

Reforçando o compromisso com a sua base, a CSB, que hoje é a central com maior número de sindicatos da categoria filiados, foi representada por mais de 50 dirigentes de oito estados diferentes, como Ceará, Amazonas, Roraima, Paraíba, Alagoas, Paraná, São Paulo e Distrito Federal, além da taxista Márcia Ferraz, que também representa a mulher taxista e o Sintaxi-DF.

Fonte: CSB

Compartilhe:
  • Print
  • email
  • PDF
  • RSS
  • Add to favorites
  • Facebook
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • MSN Reporter
  • Live
  • Yahoo! Buzz

Post to Twitter

Esta entrada foi publicada em Política, Sindical. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *